“Ela já chegou a correr até 10 km em um dia”, conta Janaína, dona da cachorrinha Mayla

28/06/2021
Por Giordanna Benkenstein Vallejos

Por Giordanna Benkenstein Vallejos

A moradora de Dois Irmãos Janaína Hahn Müller passeia todos os dias com a sua companheira de caminhadas e corridas, Mayla. A cachorrinha foi adotada há oito anos por intermédio da Associação Amigos dos Animais. Essa dupla se beneficia de um vínculo afetivo através da atividade física, que traz benefícios tanto mentais quanto físicos para ambas.

 

Com que frequência vocês passeiam juntas?

Janaína – A Mayla passeia todo santo dia. Se não é comigo, é com meu esposo ou com meus sobrinhos, que têm uma chave da porta para única e exclusivamente levar para passear. Eu e ela normalmente conseguimos fazer uma caminhada mais longa ou até mesmo um treino ou uma corrida no final de semana. Mas em dias de semana, quando o sol e o dia estão bonitos, sempre tentamos fazer uma corrida juntas.

 

Quais os benefícios que o passeio trouxe para o cão e para você?

Janaína – O benefício físico foi nos manter ativas e mais dispostas. Tanto eu quanto a Mayla evitamos o risco de sobrepeso com essa atividade física. Na parte mental, nos reconecta uma com a outra, também nos reconecta com a natureza. Sempre que eu consigo fazer uma prática, um passeio ou uma atividade com ela no início da manhã, isso me deixa muito mais tranquila com relação a ela ficar em casa o restante do dia. Dessa forma sei que ela vai estar mais calma se recuperando do passeio e isso ajuda que ela não fique ansiosa ou até mesmo estressada dentro do apartamento.

 

Como vocês começaram a correr juntas?

Janaína – A gente começou a correr juntas já faz uns dois anos e isso iniciou depois que saímos de uma casa e fomos morar em um apartamento. Eu me preocupava muito pelo fato dela não estar pegando sol, pelo fato dela não estar caminhando, se exercitando. Então eu comecei a levar ela junto nos meus treinos de corrida. Eu corro já há cinco anos, e há apenas dois anos que eu descobri que a Mayla gosta muito de correr também. Ela entende comandos para correr, entende quando eu chamo ela para correr lado a lado, e quando a gente sai para fazer algumas caminhadas, ela é quem me convida a correr também. Ela já chegou a correr até 10 km em um dia no auge da forma física. Também treinamos para participarmos de uma corrida, um Canicross que acontece em Porto Alegre, pela equipe Vai Totó. Mas veio o momento pandêmico e ainda não tivemos a oportunidade de participar de um evento desses; no futuro esperamos poder levar o nome da Associação dos Animais até Porto Alegre.

 

Você recomenda que outras pessoas também façam passeios com seus cães?

Janaína – Eu recomendo que as pessoas façam passeios frequentes com o seu pet, porque eles necessitam disso, a vida deles é muito curta, então a gente deve propiciar aos nossos amigos momentos felizes, momentos bons e satisfatórios para eles porque o que eles mais querem é a nossa companhia. Gostaria de salientar também que aprendo muito com a minha Mayla, agradeço a Deus por ela ter me escolhido como a humana dela. Aprendo com ela a valorizar os pequenos momentos, a valorizar as oportunidades. Às vezes até a valorizar um simples raio de sol que entra pela janela.


› Compartilhe

  • JDI digital

COLUNAS

Ruminações poéticas

Ruminações poéticas

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Playlist #54

Playlist #54

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Ruminações ranzinzas

Ruminações ranzinzas

Pitter Ellwanger   05/08/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela