RS espera receber mais doses da CoronaVac a partir de 3 de maio, diz secretária da Saúde

27/04/2021
Fonte: G1 RS / RBS TV

Fonte: G1 RS / RBS TV

A secretária de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, afirmou nesta terça-feira (27) que o Ministério da Saúde estima a entrega de novas doses da CoronaVac a partir do dia 3 de maio. A declaração foi feita durante entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV.

Ao menos 340 dos 497 municípios do Estado já registraram a falta de imunizantes para a segunda aplicação, segundo o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems). O governo do RS calcula que 263 mil pessoas estão com a vacinação atrasada. “Segundo o Ministério da Saúde, na próxima semana, a partir de 3 de maio, há a possibilidade de uma entrega maior por parte do Butantan”, disse Arita. O G1 entrou em contato com o Ministério da Saúde. O órgão disse aguardar uma definição do Instituto Butantan, que produz a vacina, para confirmar a data de distribuição da nova remessa em uma nota técnica. Na segunda-feira (26), o titular da pasta, Marcelo Queiroga, reconheceu o problema da falta de doses. Em 21 de março, o Ministério da Saúde mudou a orientação e autorizou que todas as vacinas armazenadas pelos estados e municípios para garantir a segunda dose fossem utilizadas imediatamente como primeira dose.

Conforme Arita Bergmann, o atraso da distribuição da vacina não prejudica aqueles que aguardam a segunda aplicação. “Gostaríamos de tranquilizar as pessoas, porque é improvável que este intervalo maior do que 28 dias vá prejudicar a eficácia da vacina. De fato, a primeira dose já é fundamental. A segunda dose é um reforço necessário e as pessoas farão tão logo o estado receba a quantidade necessária para suprir essa falta momentânea”, explicou.

 

Oxford/AstraZeneca

A secretária da Saúde do RS confirmou que o Estado deve receber mais doses da vacina de Oxford/AstraZeneca esta semana. Arita Bergmann não informou a data e a quantidade que será entregue pelo Ministério da Saúde. “Para poder completar o esquema vacinal dos idosos, os de 60 anos que ainda não se vacinaram, e, quem sabe, dependendo da quantidade, fazermos o grupo subsequente, que é o das comorbidades”, destacou.

Até esta terça, o Rio Grande do Sul vacinou 2.182.726 pessoas com a primeira dose. O número corresponde a 19,2% da população de pouco mais de 11,3 milhões de residentes. Do total, 827.971 já receberam a segunda dose.


› Compartilhe

COLUNAS

Números que assustam

Números que assustam

Pitter Ellwanger   20/05/2022

Playlist #42

Playlist #42

Pitter Ellwanger   20/05/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela