Caetano Veloso lança ‘Meu Coco’, novo álbum de inéditas com 12 canções

22/10/2021
Fonte: g1

Fonte: g1

O baiano Caetano Veloso lançou na noite desta quinta-feira (21) seu novo álbum autoral de músicas inéditas, ‘Meu Coco’. Na capa, cujo projeto gráfico é assinado por Cubículo, o artista aparece em foto de Fernando Young.

O foco da foto reside sobre a cabeça de Caetano, em sintonia com o sentido da palavra coco na letra da música que dá nome ao disco formatado pelo próprio Caetano Veloso em parceria com Lucas Nunes e gravado com os toques de músicos como o bandolinista Hamilton de Holanda, o ritmista Marcelo Costa, o percussionista Marcio Victor, o sanfoneiro Mestrinho, o percussionista Pretinho da Serrinha – para quem o compositor fez samba incluído no álbum – e o multi-instrumentista Vinicius Cantuária.

Com arranjos de Jaques Morelenbaum, Letieres Leite e Thiago Amud, além das vozes de Carminho e Dora Morelenbaum, o álbum traz, além da música-título, canções autorais como Anjos tronchos, Autoacalanto, Noite de cristal (1988) e Pardo (2019). Com a palavra, o autor das 12 canções:

– Muitas vezes sinto que já fiz canções demais. Falta de rigor? Negligência crítica? Deve ser. Mas acontece que desde a infância amo as canções populares inclusive por sua fácil proliferação. No final de 2019, tive um desejo intenso de gravar coisas novas e minhas. Tudo partiu de uma batida no violão que me pareceu esboçar algo que (se eu realizasse como sonhava) soaria original a qualquer ouvido em qualquer lugar do mundo – relatou Caetano Veloso ao apresentar a capa do álbum Meu coco nas redes sociais na tarde de terça (19).

 

Eis, na ordem do disco, as 12 músicas do álbum Meu coco:

1. Meu coco (Caetano Veloso, 2021)

2. Ciclâmen do Líbano (Caetano Veloso, 2021)

3. Anjos tronchos (Caetano Veloso, 2021)

4. Não vou deixar (Caetano Veloso, 2021)

5. Autoacalanto (Caetano Veloso, 2020)

6. Enzo Gabriel (Caetano Veloso, 2021)

7. Gilgal (Caetano Veloso, 2021)

8. Cobre (Caetano Veloso, 2021)

9. Pardo (Caetano Veloso, 2019)

10. Você-você (Caetano Veloso, 2021)

11. Sem samba não dá (Caetano Veloso, 2021)

12. Noite de cristal (Caetano Veloso, 1988)

 


› Compartilhe

COLUNAS

Maid e Masculinidade

Maid e Masculinidade

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Playlist #22

Playlist #22

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Um mundo melhor está próximo!

Um mundo melhor está próximo!

Coluna da Fé   09/11/2021

FOTOS DO DIA

A cidade cresce e a paisagem muda (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela