Vereadores cobram maior investimento em testes e termômetros

15/07/2020
Mais de 500 pessoas foram testadas em Dois Irmãos até o momento

Mais de 500 pessoas foram testadas em Dois Irmãos até o momento

A Secretaria da Saúde de Dois Irmãos realizou mais de 500 coletas para exames e testes da Covid-19 desde o início da pandemia. Na sessão de segunda-feira (13), vereadores da oposição cobraram maior investimento na testagem da população. 
Para Sérgio Fink (PDT), o número é baixo. “Cerca de 500 pessoas testadas, isso não representa 2% da população. Uma pessoa próxima a mim estava com suspeita de coronavírus, eu pedi para fazer o exame e disseram que não, porque eu não tinha sintomas. Quer dizer, parece que a pessoa precisa estar morrendo para fazerem o teste. E não é por falta de recursos”, comentou o vereador. 
Paulo Fritzen (PSD) citou o caso de um rapaz que recentemente procurou atendimento mais de uma vez no Posto 24h. “Mandaram ficar em casa, que era uma suspeita (de Covid-19). Toda família teve que ficar em casa, mas não foi feito nenhum teste. A família teve que pagar o teste e descobriu que não era coronavírus. Graças a Deus, conseguimos o encaminhamento, porque na verdade ele estava com leptospirose, que é muito mais grave que coronavírus”, relatou o vereador. Paulino Renz (PDT) também lamentou a situação. “Ele ficou uma semana indo e vindo do Postão, e agora está internado em Taquara”, comentou.
Procurado pela redação do JDI, na terça-feira (14), o secretário da Saúde, Afonso Bastian, disse que o caso era uma suspeita de leptospirose e estava no aguardo do resultado do exame no LACEN/RS (Laboratório Central de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul).


“Neste momento, prioridade não é prédio, é vida”, diz Filipin
Joracir Filipin (PT) lembrou a verba de R$ 150 mil que o município recebeu através do deputado federal Elvino Bohn Gass (PT). “Temos recursos na área da saúde, e neste momento temos que usar para salvar vidas e prevenir. Se nós testarmos a população, vamos ter o conhecimento da situação. Nosso município tem muitos contaminados, e as pessoas estão começando a ficar apavoradas”, afirmou. “Se tiver que gastar meio milhão em testes, tem que fazer isso. Não vamos ficar com o dinheiro guardado; o dinheiro é para aplicar no povo. Que a gestão pública tenha pulso firme e faça o dever de casa. Se o comércio e as pequenas empresas tiverem testagem, logo, logo poderemos reabrir. Neste momento, prioridade não é prédio, é vida”, completou.
O presidente do Poder Legislativo também encaminhou pedido de providência para que o município disponibilize termômetros infravermelhos em todos os postos de saúde, inclusive no Posto 24h. “O Postão não tem termômetro infravermelho. As pessoas estão entrando na aglomeração que tem lá e não tem o teste do infravermelho para fazer. A prefeita Tânia e o vice-prefeito Jerri têm a caneta na mão. Tem que ter prevenção, tem que ter investimento na saúde. Que a prefeita olhe com mais carinho para a vida do nosso povo. Vida e economia se fazem com prevenção”, concluiu Filipin.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Senhor, ensina-me a orar

Senhor, ensina-me a orar

Coluna da Fé   23/10/2020

Misericórdia divina

Misericórdia divina

Coluna da Fé   23/10/2020

A dignidade da família

A dignidade da família

Coluna da Fé   21/10/2020

FOTOS DO DIA

A beleza do beija-flor captado em pleno voo pelo fotojornalista Octacílio Freitas Dias

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

BOLETIM CORONAVÍRUS
27/10/2020SAÚDE
BOLETIM CORONAVÍRUS
Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela