Após reunião, FGF propõe volta do Gauchão em meados de julho e sem rebaixamento

13/05/2020
Fonte: Globo Esporte

Fonte: Globo Esporte

Após duas horas e meia de reunião por videconferência na tarde desta terça-feira, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) dá ao menos uma luz para a retomada do Campeonato Gaúcho. A entidade sugere a volta do Gauchão para meados de julho e sem rebaixamento ao final da competição. A proposta foi apresentada a representantes dos 12 clubes que disputam a competição. A FGF marcou nova conversa às 14h desta quarta para que cada uma das equipes dê seu voto sobre o retorno e o formato do campeonato.
Esta é a primeira vez que a entidade ao menos estima um prazo para a retomada da competição, suspensa há quase dois meses. A data para a volta do Gauchão será alinhada com o calendário nacional e pode variar para coincidir com a retomada dos demais estaduais. E seguirá sempre as orientações das autoridades de saúde. A sugestão de uma data serve para dar uma perspectiva aos clubes sobre o calendário e também para firmar a intenção mais concreta do retorno da competição. A previsão de retorno pode ser alterada, a depender do avançou ou controle da pandemia do coronavírus no Rio Grande do Sul. O Gauchão têm três rodadas a ser disputadas da fase classificatória e jogos de semifinal e final do segundo turno. Se o Caxias não for o campeão, há ainda a grande decisão da competição, que deve passar para uma partida ao invés dos dois jogos antes previstos. A quarta rodada, a primeira a ser jogada em um retorno, tem previstos clássicos Gre-Nal, Bra-Pel e Ca-Ju.
A volta do estadual também seguirá os critérios estabelecidos pelo novo decreto de distanciamento social controlado assinado pelo governador Eduardo Leite e publicado no Diário Oficial no último domingo. O plano divide o estado em 20 regiões e as classifica por cores de bandeiras, de acordo com o nível de risco de contágio para o coronavírus - os critérios levam em conta os números de casos coronavírus e leitos de hospitais disponíveis em cada região. Porto Alegre, por exemplo, foi enquadrada na cor laranja, com risco moderado. Nesta bandeira, são permitidos treinamentos desde que os clubes operem com 25% do quadro de funcionários e com atendimento “individualizado de atleta profissionais e amadores por ambiente, respeitando o teto de ocupação”. A bandeira amarela libera treinos coletivos. A única das oito cidades que recebem jogos do Gauchão que está com a cor amarela é Ijuí, que abriga o São Luiz. As demais foram classificadas com a cor laranja.


Reunião discute protocolos e inscrições
Além da data para a volta do Gauchão, os clubes e a FGF também trataram dos protocolos para a volta aos treinos e sobre o regulamento de inscrições para uma eventual volta em meados de julho. A federação abrirá possibilidade para os clubes do interior registrarem novos contratos com os atletas para o segundo semestre e sugere o congelamento dos vínculos nos períodos sem jogos. Uma questão levantada de forma preliminar é o formato de disputa do campeonato em 2021 caso a edição atual encerre sem rebaixados. O Campeonato Gaúcho está suspenso desde 15 de março. Grêmio e Inter já treinam em seus centros de treinamentos desde a semana passada.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

A educação e o espírito

A educação e o espírito

Coluna da Fé   16/10/2020

Como podemos agir neste mundo?

Como podemos agir neste mundo?

Coluna da Fé   15/10/2020

Acorde! O Reino ainda pode ser seu...

Acorde! O Reino ainda pode ser seu...

Coluna da Fé   08/10/2020

FOTOS DO DIA

Nas asas da borboleta, a primavera se aproxima (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela