Após críticas, edital do Banrisul para patrocínio de lives é suspenso

01/07/2020
Fonte: GaúchaZH

Fonte: GaúchaZH

Criticado devido aos critérios de seleção, o edital do Banrisul para patrocinar shows virtuais de artistas do Estado foi suspenso na terça-feira (30). De acordo com a instituição, o projeto será reavaliado.
Divulgado na última semana, o projeto previa o patrocínio de cerca de 200 pessoas com uma quantia de, mais ou menos, R$ 3,5 mil. Conforme o edital, o investimento seria feito para aqueles que trabalham em grupo ou em carreira solo e seria confirmado mediante live de, no mínimo, 60 minutos. Essas apresentações deveriam ocorrer entre 14 de agosto e 31 de outubro deste ano. As regiões do Estado Alto Uruguai, Centro, Fronteira, Leste, Noroeste, Serra, Sul e Capital teriam, no mínimo, 10 vagas. Muitos músicos, entretanto, questionaram os critérios de seleção para participar do projeto. No edital 001/20, há indicação de que a decisão levaria em conta o número de seguidores dos artistas nas redes sociais. 
O presidente da Associação dos Músicos do Rio Grande do Sul (Assmurs), Rodrigo Lentino Machado, afirmou que a instituição discorda do processo de seleção dos artistas e também dos valores que lhe serão destinados. Em nota, ele destacou que o edital é “bastante limitador em sua abrangência” e que a “associação promoverá junto ao Banrisul a proposta de iniciativas assistenciais mais abrangentes para amparar a categoria”.


Reformulação rápida
A Frente Ampla da Música, instituição de músicos do Estado, também fez críticas aos critérios do edital. “Ainda que a iniciativa tenha mérito, o edital apresenta problemas. A popularidade na internet, em número de seguidores, configura critério excludente de seleção. Entendemos que a intenção da iniciativa pode ter sido a maior distribuição em números da live contemplada, mas achamos importante frisar que esse critério também é problemático”. 
Após a suspensão, a entidade destacou que seria importante que o novo edital seja rapidamente reformulado. “Com critérios mais justos e inclusivos, e que outros sejam elaborados com foco em mais áreas da cultura”, disse FAmM em nota.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Senhor, ensina-me a orar

Senhor, ensina-me a orar

Coluna da Fé   23/10/2020

Misericórdia divina

Misericórdia divina

Coluna da Fé   23/10/2020

A dignidade da família

A dignidade da família

Coluna da Fé   21/10/2020

FOTOS DO DIA

A beleza do beija-flor captado em pleno voo pelo fotojornalista Octacílio Freitas Dias

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela