Blog do Jornal Dois Irmãos


25 de fev de 2015

Prefeita consegue recursos para caminhão de lixo

Na tarde de terça-feira, dia 24, foi confirmada a conquista de um caminhão com coletor e compactador e de uma retroescavadeira com pá carregadeira, através de recursos oriundos da Fundação Nacional da Saúde (FUNASA). O equipamento faz parte do Convênio nº. 00209/2012/FUNASA e será utilizado no serviço de coleta de lixo na cidade de Dois Irmãos.
O valor do bem, que já está depositado na conta da prefeitura, é de R$ 460.600,00, já o município deverá entrar com uma contrapartida de R$ 80.000,00.  O recurso federal foi depositado na conta bancária do município, após o encontro da prefeita Tânia da Silva, acompanhada da vereadora Eliane Becker com a chefe Elaine Drumond, no gabinete da Fundação, em Brasília.
Em 2014 foi adquirido um caminhão para coleta de resíduos sólidos inorgânicos pelo valor de R$ 257.498,00. Cerca de R$ 45 mil tiveram origem no Fundema, por meio do Conselho Municipal do Meio Ambiente.  Desta forma, a frota está sendo renovada, tendo em vista que o último caminhão que havia sido adquirido foi há oito anos. A vida útil desses caminhões é reduzida, devido à alta rotatividade de trabalho.

A prefeita retorna de Brasília na noite desta quinta.

Mais de 2 mil voltam às aulas na rede estadual

Nesta quinta-feira, dia 26, inicia mais um ano letivo na rede estadual de ensino. Escolas como Affonso Wolf (Vale Verde), 10 de Setembro (Centro), João Grawer Filho (Travessão) e João Wagner (Morro Reuter) já estão prontas para receber seus alunos para mais um ano de aprendizado. No total, as quatro escolas da região somam 2.392 alunos, que estão divididos em turnos da manhã, tarde e noite.
Mesmo com a volta dos alunos confirmada para amanhã, uma situação que já vem se tornando comum na rede estadual no início do ano letivo é a falta de professores em algumas disciplinas. Na cidade de Dois Irmãos, o fato ocorre com menos frequência, mas também existe nas instituições da rede. Um exemplo é a Escola Estadual 10 de Setembro, que vai começar com falta de professores nas disciplinas de Inglês, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. A direção afirma que, enquanto a falta de profissionais não for suprida, trabalhará com o horário interno, fazendo com que um professor substitua a falta de outro. Nas demais escolas, a princípio, o quadro está completo.
Em todas as escolas da rede estadual ainda há vagas. Jussane Ferreira, por exemplo, fez a matrícula da filha Adriele Sales, 13 anos, na manhã desta quarta-feira (foto). Ela vai estudar no 6º ano do ensino fundamental da escola Affonso Wolf.
Confira o número de alunos que voltam às aulas amanhã nos municípios de Dois Irmãos e Morro Reuter e a disponibilidade de vagas em cada uma das escolas:


DOIS IRMÃOS

- Affonso Wolf (Vale Verde)
Manhã: 390 alunos
Tarde: 400 alunos
Noite: 280 alunos
Total: 1070 alunos
* Ainda há vagas nos turno da manhã, tarde e noite
- 10 de Setembro (Centro)
Manhã: 330 alunos
Tarde: 337 alunos
Noite: 83 alunos             
Total: 750 alunos
* Ainda há vagas no turno da noite
- João Grawer Filho (Travessão)
Total: 93 alunos (manhã e tarde)
* Ainda há vagas nos turnos da manhã e tarde

MORRO REUTER

- João Wagner (Centro)
Manhã: 193 alunos
Tarde: 162 alunos
Noite: 64 alunos
Educação de Jovens e Adultos (EJA): 60 alunos
Total: 479 alunos

* Ainda há vagas nos turnos da manhã, tarde e noite

24 de fev de 2015

Prefeitura já arrecadou R$ 590 mil com IPTU 2015

Os moradores de Dois Irmãos têm até o dia 10 de março para quitar seu Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) com o maior desconto possível. Ao todo, são cerca de 15.200 carnês no município e uma expectativa de arrecadação de mais de 4 milhões de reais. De acordo com o secretário da Fazenda, Juarez Stein, até o momento já entraram nos cofres da prefeitura R$ 590.429,22 decorrentes do pagamento antecipado. A cota única pode ser paga até 10 de março com desconto de 30% no imposto predial e de 10% no territorial; ou até 10 de abril, com descontos de 20% e 5%, respectivamente. Para quem optar pelo pagamento parcelado, os vencimentos ocorrem nos dias 31 de março, 31 de julho e 31 de outubro, com descontos de 16% em cada parcela apenas no predial. Vale lembrar que o IPTU  teve um reajuste de 5,29%.

Previdência paga R$ 13 milhões por mês em benefícios

Para ter um futuro tranquilo, é preciso pensar desde cedo num investimento e contribuir com a previdência para garantir a aposentadoria. A redação do JDI conversou nesta segunda-feira, dia 23, com o gerente da Agência da Previdência Social (APS) de Dois Irmãos, Leandro Rodrigues (foto), 50 anos, para saber quantos aposentados existem em Dois Irmãos, Morro Reuter e Santa Maria do Herval, além de esclarecer algumas dúvidas sobre o benefício.
De acordo com Leandro, em Dois Irmãos são 4.337 aposentados, sendo 4.001 aposentados urbanos e 336 rurais. Se levar em consideração os 29.862 habitantes, número estimado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) em 2014, isso corresponde a 14,52% da população. Em Morro Reuter, são 1.240 aposentados, sendo 845 urbanos e 395 rurais, o que representa 20,47% da população total, levando-se em conta que o município tem 6.056 moradores. Já em Santa Maria do Herval, o número de aposentados pelo INSS é de 1.377 – 731 urbanos e 646 rurais – ou 21,82% da população, considerando os 6.312 moradores. Somando os três municípios, o gasto mensal com os benefícios alcança R$ 13.404.539,00.

PRINCIPAIS DIFICULDADES

Gerente da agência desde 2010, Leandro conta que muitas pessoas têm de ir até a agência para encaminhar seu benefício. “Muitos casos são encaminhados por advogados ou por terceiros. Tem também a questão da comunicação, pois muitas pessoas do interior só falam o dialeto alemão”, diz ele, destacando que, se o benefício for encaminhado por uma terceira pessoa, esta deverá trazer uma procuração.
Outra dificuldade enfrentada é a do trabalhador que quer incluir algum tempo profissional exercido sob condições prejudiciais à saúde. “O beneficiário que trabalhou em condições insalubres pode converter o tempo especial em comum para se aposentar ou obter um benefício maior, mas para isso precisa ter o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário), ou seja, laudos que comprovem os insalubres”, explica ele.
A falta de documentos também pode ser empecilho na hora de se aposentar. Na falta destes, é solicitada a Justificação Administrativa (JA), procedimento destinado a suprir a falta de documento, ou a prova de fato ou circunstância de interesse do beneficiário perante o INSS.

ATENDIMENTO AO PÚBLICO

São realizados cerca de 100 atendimentos por dia na Previdência Social de Dois Irmãos. A agência oferece auxílio para a solicitação de vários benefícios como auxílio-doença, auxílio-reclusão, aposentadoria por invalidez e salário-maternidade. O atendimento ao público acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Atendimentos agendados após o primeiro atendimento iniciam às 7h30 e seguem até as 18h. As pessoas que buscam a agência recebem um atestado que comprova o período que estiveram no local. O endereço é Avenida Sapiranga, 665, bairro Industrial, Dois Irmãos. Mais informações pelo telefone 3564-1471.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS


Conforme Leandro, existem casos em que o trabalhador necessita de inúmeros documentos para solicitar o benefício da aposentadoria. Em outros, o procedimento é simples. “Quando a empresa declarou tudo certo, a burocracia no momento de pedir a aposentadoria vai ser mais rápida”, comenta ele. Confira a lista de documentos necessários no site da Previdência Social: www8.dataprev.gov.br/e-aps/servico/344.

23 de fev de 2015

Arsenal, Los Guapos e Nativus classificados

Cinco partidas abriram na sexta-feira a quinta e última rodada da 1ª fase do Torneio de Verão 2015. Com os resultados, mais três equipes dois-irmonenses se garantiram na próxima etapa: Arsenal / Táxi do Betinho (foto), Los Guapos e Nativus / Schuh Haus. Agora, 10 das 12 equipes que irão disputar a 2ª fase já são conhecidas. Os últimos classificados saem amanhã.
Na primeira partida da noite, pela chave C, o já eliminado Totsteham derrotou o Los Guapos pelo placar de 4 a 3. Ricardinho (3) e Boll marcaram para o Totsteham, enquanto que Alan (2) e Rudinei fizeram os gols do Los Guapos. Na sequência, valendo a segunda colocação da chave B, o Real Betis venceu o Vai Sabê por 7 a 6. Os gols do time de Novo Hamburgo foram anotados por Geison (3), Marcelo (2) Fabiano Corrêa e Diego. Para o Vai Sabê, marcaram Magaiver (3), Mateus (2) e Régis. Com os três gols marcados na sexta, Magaiver chegou a 11 e reassumiu a artilharia isolada da competição. Na terceira partida da noite, pela chave B, o Gunners / Mercado Irmãos Schmitz confirmou a melhor campanha da 1ª fase ao derrotar o Arcanjos por 5 a 4, com gols de Thiago Vepo (3), Tiago Haupenthal e Schollinha. Os gols do Arcanjos foram marcados por Milico (2) e Nilo (2). Em seguida, também pela chave B, Los Pasiónes e Arsenal / Táxi do Betinho empataram em 5 a 5. Para o Los Pasiónes, marcaram Vitor (2), Felipe, Alex e Douglas. Para o Arsenal, fizeram Willian (2) Iago, Ivan e Miséria.
Fechando a noite, pela chave C, o Maluca derrotou o Deportivo por 6 a 2, com gols de Pohren (2), César (2), Everton e Maiquel, descontando Mateus e Neguinho. Com o resultado, os times de Los Guapos e Nativus / Schuh Haus ficaram com as duas últimas vagas da chave.

ÚLTIMA RODADA


Nesta terça-feira, dia 24, quatro partidas fecham a 1ª fase, a partir das 19h45, no Ginásio Santa Cecília. Os confrontos serão os seguintes: Continental (Morro Reuter) x Nativus / Schuh Haus (Dois Irmãos), Da Hora (Dois Irmãos) x Santa Catarina / Amigos do Dindo / Carlão Calçados (Dois Irmãos), Unidos da Campina / Retif. Federal (S. Leopoldo) x Amigos do Manteiga / Koy Sushi (D. Irmãos) e Motoca / PFC (Novo Hamburgo) x Auto Lavagem MM / Fênix (Campo Bom).

Sem luz por 15 horas após queda de postes

Na noite de sábado, dia 21, dois postes caíram na Travessa 21 de Abril, no Centro. Um dos postes sustentava um transformador, que além de interromper o abastecimento de energia impediu a passagem de veículos. A queda provocou um enorme estrondo que pode ser ouvido a algumas quadras do local, assustando quem mora nas proximidades. Por sorte, não havia nenhum carro na rua e nenhum pedestre na calçada no momento da queda.
Alguns moradores já haviam observado que os postes de madeira estavam inclinados, como se o transformador estivesse pesado demais. Outras estruturas que recebiam energia da rua também foram danificadas. “Eu estava na sala da minha casa, assistindo televisão, quando os postes caíram. Foi um susto enorme, achei que a minha casa iria cair”, relata a aposentada Hedvig Pilz (foto), 66 anos. As residências e estabelecimentos comerciais na região, principalmente entre as avenidas Porto Alegre e 10 de Setembro, ficaram sem luz das 19h45 de sábado até as 10h20 de domingo. O Restaurante Bierplatz, por exemplo, teve prejuízo. “O restaurante não abriu no sábado a noite, apenas algumas entregas puderam ser feitas. Já no domingo, ao meio-dia, o funcionamento foi normal”, comenta Antônio Alles.

A troca de postes foi feita no domingo por equipe da AES Sul. Hoje pela manhã, profissionais da Oi consertaram a fiação de telefone, que também foi atingida na queda.

20 de fev de 2015

Paixão pelos gatos em Morro Reuter

Um sentimento de paixão despertado pelos gatos, fez a moradora da localidade de São José do Herval, Sônia Maria Brede Ornelas, 60 anos, abrir um gatil há 23 anos. Ela conta que conheceu os felinos aos poucos e foi se apaixonando. “Mesmo não gostando muito dos gatos no começo, eu vivia rodeada por eles. Comecei a ter gato de estimação até abrir o criadouro”, lembra ela.
Atualmente, o Gatil de Alles, conta com 36 gatos adultos, sendo destes 30 matrizes, e mais 32 filhotes. Sônia cria gatos das raças Persa, Himalaia, Exótico, American Shorthair e Ragdoll.
Vale ressaltar que o primeiro gato da raça American Shorthair para criação trazido para a América do Sul foi pela criadora em 2000. A divulgação da raça no país também aconteceu através dos comerciais televisivos e em revistas, principalmente pela empresa de Rações Whiskas. “O American Shorthair é originário dos Estados Unidos e até então pouco conhecido no Brasil. A primeira impressão de muitas pessoas sobre o gato American era que ele era um gato sem raça, mas aos poucos a raça foi sendo distinguida dos demais gatos”, conta ela.
A criadora já vendeu gatos para vários estados do Brasil como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Espírito Santo e Amapá. Ela prefere vender os gatos para estados que tem vôo com conexão direta, para não judiar dos bichanos. “99% dos gatos da raça American Shorthair em São Paulo são da minha criação. Até já vendi dois gatos para o ator global Walcyr Carrasco”, diz Sônia.

Rotina na criação
A criação de gatos exige dedicação integral pela criadora, sacrificando as próprias férias e os finais de semana para cuidar bem de todos os bichanos. Além de Sônia, são mais 5 funcionários que ajudam na manutenção do espaço. “Os gatos precisam de banho, escovação do pelo, medicação e outros cuidados. A preocupação e os cuidados são os mesmos como se fosse um bebê, eles precisam ter tudo do melhor”, afirma ela.
Além disso, ela participa de exposições em vários estados do país e em outros países como Argentina e Uruguai. Em 2012, Sônia teve a oportunidade de visitar a exposição internacional World Cat Show 2012 – FIFe, que aconteceu em Zagreb, na Croácia.

Perfil de quem quer ter um gato
Os gatos, sem dúvida, são bichanos muito carinhosos e companheiros. A pessoa que quer ter um gato em casa precisa gostar primeiramente deles. “Além do amor e carinho, é necessário oferecer uma alimentação de qualidade, vermífugo e levar ao veterinário. Tem que estar disposto a cuidar bem dele”, acredita Sônia.
Cada gato tem a sua personalidade, e as pessoas interessadas em ter um bichano em casa devem conhecer as características de cada uma das raças.
Os filhotes dos gatos do Gatil de Alles são comercializados quando completam quatro meses de nascimento. Eles recebem vermífugos, vacinas e saem castrados. O preço médio de um gato pode variar de R$ 2 a R$ 3 mil. “É de extrema importância os gatos estarem castrados, para que haja um controle da raça e da população dos gatos”, conta ela, destacando que seus gatos têm excelente temperamento, pois recebem carinho, cuidado e manejo diário.

Lição de vida
Segundo Sônia, os gatos são bichos de estimação muito solidários entre si. “Um dia observei que duas gatas que viviam na mesma sala, uma delas ficou doente, e a outra gata cuidou da ninhada dela, sem a minha intervenção. São lições de convivência que deveriam ser seguidos pelos seres humanos. Os animais têm muito a nos ensinar”, afirma Sônia.

Ação social

Além da criação dos gatos do gatil, Sônia tem um gato e cachorros sem raça em sua casa. Todos os meses, ela realiza doação de ração para cerca de 20 gatos sem raça acolhidos das ruas, e cuidados por familiares. “Mesmo eu criando animais para comercialização, acredito que os sem raça devem ser bem cuidados da mesma forma”, destaca ela.